ArtigosDestaquesNotícias

OAB Paraná pede à PF investigação sobre comércio de listas do INSS

Uma delegação da OAB Paraná esteve na manhã desta terça-feira (11/8) na Polícia Federal para apresentar uma representação contra empresas que estão comercializando listas do INSS contendo informações sigilosas sobre benefícios concedidos e indeferidos, tais como nomes, CPFs, motivo da concessão ou do indeferimento. “Essas empresas estão oferecendo a venda dessas listas de dados a escritórios de advocacia. Por isso fizemos a representação. Agora o delegado vai instaurar o inquérito para investigar esse comércio ilegal e punir tanto os que estão vendendo quanto os que estão adquirindo as listas”, afirma Cássio Telles, presidente da OAB Paraná.

“Temos uma atuação conjunta das Comissões de Direito Previdenciário de todo o Paraná para levantar e, de mais uma maneira, investigar e coibir qualquer tipo de irregularidade e ilegalidade. Buscamos uma  atuação ética e com devido respeito a toda nossa sociedade e às prerrogativas da advocacia”, afirma Leandro Pereira, presidente da Comissão de Direito Previdenciário da seccional.

Além de Telles e de Pereira, estiveram na Polícia Federal, André Portugal, da 1ª Comissão de Fiscalização do Exercício Profissional da seccional, e Lucca Sasaki, da Procuradoria de Fiscalização.